domingo, 15 de abril de 2018

EMB-312 T1 Shorts Tucano

O Shorts Tucano foi desenvolvido pela Embraer para a Royal Air Force em conjunto com a Shorts Brothers de Belfast para substituir o Jet Provost como o treinador primário da RAF, como previsto no Air Staff Target 412. As principais diferenças entre o modelo da RAF e o da FAB, foi a substituição do motor Pratt & Whitney Canada PT6 por um motor Garret de 1.100 shp a fim de proporcionar um melhor desempenho do modelo. Além da susbtituição do motor, a estrutura foi reforçada, a hélice de 3 pás foi substituída por uma de 4 pás, o layout da cabine foi redesenhado para ficar semelhante ao do Bae Hawk, foram instalados freios aerodinâmicos, as asas foram remodeladas, foi instalado um novo gravador de dados de voo, um novo sistema de oxigênio e os assentos ejetáveis foram susbtituídos pelos Martin-Baker MB 8LC e a deriva foi redesenhada. O modelo foi fabricado entre os anos de 1986 a 1995, sendo fabricadas 160 unidades , sendo que destas 130 foram destinadas a RAF, 13 para o Quênia com a designação Tucano Mk. 51 e 16 para o Kuwait com a designação de Mk.52. Para a Embraer, esta versão foi designada apenas como Shorts Tucano.   fotos - Internet